segunda-feira, janeiro 23, 2006

sexta-feira 2




Chegou em casa às 4 da manhã, transpirando álcool, tabaco e raticida. Fervendo. Não queria dormir. Achou na sacola o gibi dos bichinhos. Uma historinha sobre um cachorro, um gato e um coelho. Agulhas espetadas em seus corpos, olhar perdido, sem entender de quem era o sangue em seu pêlo. Iam ser sacrificados, mas a mulher os deixou fugir e eles correm, correm, correm, fogo e estilhaços, estrondos e gritos, mais sangue em seu pêlo. Correm, correm, correm pra casa. Alguns não vão chegar lá. 96 páginas depois a madrugada continua, silenciosa, mas as palavras ficam em sua cabeça.

Casa.
Casa é não correr mais.


Eles só precisam de amor e atenção. Mas um pouco de comida não machuca.
Cão bom.
Cão danado de esperto...


(We3- Instinto de sobrevivência foi lançado recentemente em português. É o gibi mais bacana e emocionante que li nos últimos meses. Os desenhos acima são das capas originais).

Um comentário:

Edna Marta disse...

Liber, com esses textos que vc escreve eu fico imaginando o trabalhão que a sua terapeuta deve ter com vc...CRUZES!!!

rsrsrsrs...mas eu gosto de vc mesmo assim, viu??

Beijocas

Edna Marta