segunda-feira, janeiro 04, 2010

A cada dia

"A cada dia eu sei de mais coisas sobre as quais nunca saberei, os livros que me fariam um ser humano melhor, os filmes que mudariam minha vida, a melhor de todas as músicas, que nunca ouvirei. Quanto mais estudo, mais descubro a vastidão da minha ignorância. Minha burrice é uma África, minha ingenuidade é uma Ásia, minha estupidez, três Américas. Já minha sabedoria, esta é uma ilha da Páscoa, um pingo de terra firme batido sem piedade pelas ondas da incerteza e fustigado pelos ventos da amnésia, a milhares de quilômetros de qualquer porto seguro. Nem mesmo sei ao certo se 'a milhares de quilômetros' se escreve assim, ou se este tem agá ou crase".
Jorge Furtado em Trabalhos de Amor Perdidos.

4 comentários:

Anônimo disse...

Woww que lindo o novo layout!!
=D

... disse...

Thank you!

AFAnonimos disse...

Encaixou como uma luva! Irei "piratear" esse texto!

liber disse...

Oi, Elina! Obrigado! Espalhe a "palavra".Só dê os créditos pro seu Jorge Furtado.

Abraços!