sábado, janeiro 30, 2010

Navegando

Às vezes, sozinho, com a trilha sonora adequada, a dose certa de álcool e um dos lugares desolados mais bacanas do mundo, você pode ser acometido por uma crise de bom-senso crônica e enxergar claramente a solução para todos os problemas de sua vida. Tem-se até a coragem de fazer o que é preciso. Mas daí o momento passa, a coragem some e aquela ideia que parecia tão boa... bem melhor deixar pra lá. Daí ela acaba virando uma lembrança de sonho, um desejo secreto, uma prece silenciosa... ou algo assim.

E no fim, você percebe que todos os problemas da vida simplesmente não existem.

Loucura.






Não parece um terrier de gelo?





Nenhum comentário: