quinta-feira, fevereiro 18, 2010

Etapas

Funciona mais ou menos assim:

No começo há a ingenuidade e está tudo relativamente bem. O futuro e o passado são abstrações, tem lição de casa, professorinha, Caverna do Dragão na tv e brincadeiras no quintal. A ingenuidade dura mais ou menos uns dez, doze anos e é boa.

Depois vem a ingenuidade romântica. As mocinhas tem peitinnhos e elas são tão lindinhas e cheirosinhas. A gente brinca de carinho e depois acaba querendo ficar mais e mais tempo do lado dela. Invariavelmente, a separação acontece. Com ou sem anestesia. Essa fase dura mais uns dez ou quinze anos, mas em algumas pessoas pode durar até o final da vida.

Os que passam da ingenuidade romântica entram no cinismo progressivo. É mais uma maneira da alma se proteger das intempéries do coração. A gente começa a esperar cada vez menos e a se surpreender cada vez menos com brutalidades absurdas que antes nos massacravam. Vamos nos importando menos. Ficando mais duros. Essa etapa não tem período de duração específico e pode se estender por anos. Na maioria das pessoas dura até o fim da vida.

E há aqueles que superam o cinismo progressivo. São poucos, mas existem. Atingem uma leveza resignada, um equilíbrio alegre, quase uma felicidade. Paz. A humanidade plena talvez.

E depois disso... não se sabe.

Um comentário:

Anônimo disse...

E aí?

Vc está na Paz ? ou Cinismo Progressivo ?

E eu, pelo q conversamos diria q estou onde ?

:-/

---
LVR