sábado, fevereiro 13, 2010

Mr. Beaker



Ah, esse vídeo é super-divertido e tem uma sacada bacana com essa linguagem da web, esse lance da construção coletiva da obra e tal...

Eu não teria entendido a piada se não assistisse o OmeleTV. Foi com o pessoal do Omelete que vi pela primeira vez as janelinhas com comentários dos espectadores no vídeo. Você assiste e pode escrever ali sua opinião, piadinha, crítica ou bobagem qualquer. Depois que descobri os comentários, a primeira coisa que procurei foi como desligá-los. Porque isso é a web: você escreve ou filma algo e as pessoas podem acrescentar comentários que podem enriquecer ainda mais o texto/filme . Mas muitas das contribuições são puro ruído.

É a galerinha que luta pra escrever "premero!" na lista de comentários, é gente que não consegue escrever uma frase coerente (e ainda faz isso com caixa-alta), é a propaganda automática de dietas e sextoys, é o pessoal político-xiita, é o cidadão ou cidadã que tem a coragem de falar a verdade e dizer o que pensa (muitas vezes sem a menor noção de polidez) para depois assinar como "anônimo".

O lado bom é que, surpreendentemente, a quantidade de comentários, textos e blogs que realmente acrescentam e constroem algo bacana é muito muito maior do que uma especulação pessimista poderia esperar. Assim, acho que estamos no lucro. As pessoas podem exercitar sua capacidade de diálogo e reflexão e podem expor suas ideias. Talvez só precisem aprender a ser mais responsáveis. Pra entender melhor o que quero dizer, assista o filme A Onda (Die Welle).

O negócio é entender que tudo envolve um processo de comunicação e que tudo o que dizemos e escrevemos será interpretado por alguém e sempre haverá consequências. Algumas vezes irrelevantes, outras divertidas, outras desastrosas...

Mas no fim é mais ou menos como pegar um livro da biblioteca cheio de trechos grifados, com as margens entupidas de observações e comentários daqueles que leram antes. Eu acho bacana, muitas pessoas não.

A grande vantagem da web é que sempre há opção de ignorar os comentários.

2 comentários:

Anônimo disse...

Salve,

> é o cidadão ou cidadã que tem a
> coragem de falar a verdade
> e dizer o que pensa
> (muitas vezes sem a menor
> noção de polidez) para
> depois assinar como
> "anônimo".

Vai que entendi errado, mas isto foi uma alfinetada ?

(Se foi fiquei realmente chateado!)

T+
8-(
---
LVR

liber disse...

Olá

Não é alfinetada.
É a minha opinião.

abraços