domingo, fevereiro 07, 2010

Wild Things


No original em inglês, Onde vivem os monstros chama-se Where the Wild Things Are. O filme devia era se chamar Where the Weird Things Are. Porque esse é um filme bem estranho.

Baseado num clássico livro infantil lá dos gringos, filme das aventuras de bichos de pelúcia e um garoto em uma ilha mágica lá do mundo da imaginação. Podia ser filme da Xuxa. Até aí tudo bem. Mas quando você presta atenção no que os bichos de pelúcia falam, a coisa começa a ficar realmente estranha.

Tinha muita expectativa com esse filme e o imaginava como um resgate da infância, uma poesia bacana com gosto de lembranças. Mas surpresa surpresa! É um filme sobre infância que me mostrou que ela não termina. Que algumas coisas permanecem conosco por toda a vida. E que ser criança não é o paraíso que eu me lembrava.

Sentir raiva, frustração, magoar as pessoas que você ama, tentar consertar as coisas e deixá-las ainda pior. Sentir-se uma pessoa ruim. Ver as pessoas irem embora. Procurar o tempo todo, sem jamais admitir, por alguém que simplesmente goste de você do jeito que você é.

Essas coisas não param. Não passam.

E quando passarem, será que significa que a gente cresceu?

Um comentário:

Anônimo disse...

Nein! Nein!

Qdo passarem significa que a gente morreu !

T+
---
LVR