terça-feira, março 30, 2010

Volta às aulas!

Sim, as aulas já voltaram tem um mês, mas ainda tem trote. Galerinha fazendo barulho nas esquinas, colocando outra galerinha descalça e pintada com ovo, guache e sabe mais o quê pra pedir dinheiro nos carros.

Essa são as boas-vindas à universidade. Êêêêê. U. Hu.

Daí no blog Diário Gauche eu li:

172 alunos de Comunicação da Universidade de Québec à Montreal (UQAM), do Canadá, fizeram este vídeo no primeiro dia de aula em setembro último. Levaram 2 horas e 15 minutos para gravar o vídeo com a música do grupo hip-hop Black Eyed Peas.





Claro que não dá pra esperar que todo mundo dê boas-vindas do mesmo jeito, né.

Mas fiquei impressionado. Imagino que esse tipo de cena sem cortes deve dar uma trabalheira desgraçada de planejar e fazer. Ainda mais sincronizando com a música. Um carinha que não esteja no lugar já compromete o trabalho todo.

Fico impressionado e aplaudo essa gurizada. Pelo menos na formatura (se é que eles fazem que nem a gente aqui), eles vão ter coisa mais interessante pra passar do que o videozinho "fotinho bebê-fotinho adulto".

(E, cá entre nós, as instalações da universidade são bem bacaninhas... blame Canada.)

E falando em cena sem cortes, o vídeo da galera de Quebec me serviu de desculpa pra postar esse outro que acho deveras foda pracarai:



O filme chama-se O Protetor e vem da Tailândia. Ainda não vi, mas parece uma boa dica pra uma tarde chuvosa de domingo...

3 comentários:

liber disse...

Vergonha eu comentar meu próprio post, mas, putaquepariu, essa cena do Protetor é alucinanteeeeee!

m.i.s.b. disse...

Libers!

Em partes:
O vídeo da galera do Quebec é de estraçalhar. Tive por aqueles lados agora final do ano e realmente, os caras são fodas. Tem arte em todos os cantos. É absurdo.
Além das galerias e das lojas que decoram as paredes com arte de "pessoas comuns" (meio que é só você levar um desenho que, se eles gostarem, eles colocam pra expor/à venda na loja, mesmo que ela venda coisas nada a ver tipo óculos, lâmpadas e perucas), os becos e as ruas eram fantásticos... os detalhes, as janelas, até as plantas pareciam seguir uma harmonia louca...
Tinha um beco na Chinatown da cidade que eu fiquei onde a maioria dos números vinha acompanhado da cifra "1/2", totalmente aleatória e desnecessária, mas absurdamente legal.
Ah, mas, falando em coordenação: http://www.youtube.com/watch?v=2B95LswM2ME


Do outro vídeo, galerinha se inspirando em Kubrick, há. [ok, comparação desnecessária, mas queria fazer um comentário referente ao post antes de falar do q realmente queria falar...]. É uma pena que cenas longas não sejam comuns... imagino que deve ser pelo puta trabalho. Tem uma hora que me lembra muito jogos de porrada, mais do que filme.

E chegando ao final: http://www.geocities.com/desenhoanimadomsfx2/capa.html
Não sei se te interessa (mentira, sei que interessa sim... ahah, o Liber é um imã de assuntos). Não tem nada a ver com o post, mas tem a ver com animação. Esse livro é super batuta, aposto que você conhece... eu vi ele impresso (até cheguei a segura-lo por uns minutos), mas só em inglês... daí um dia essa versão brotou na minha frente...


Valeu a palestra de hoje! Foi muito feliz conhecer pessoalmente o Renato. Tava fuçando o site dele... bah, o cara é bom de mais. Muito inspirador o trabalho dele, e ele também...


Ah, e aproveitando (última parte, juro)... pela primeira vez, me auto-promovendo (odeio fazer isso, mas to aproveitando pra pedir sua opinião), http://dragaonegro.deviantart.com/art/Zebra-85035919 , fiz com rotulador... tem com fundo claro também, ainda não sei qual é o melhor... o q vc acha?

abraço!

liber disse...

Rotulador, é?
Tá bom pracaraio. hehehhe.

Curti os links, queria saber mais do Preston Blair em português. E valeu pela presença lá no dia da palestra. Quero ver se trago mais uns convidados especiais.

Abraço!