domingo, maio 02, 2010

Discurso

Ah, aniversários.

A vida deveria ser uma comemoração constante, deveria ser uma sucessão de abraços, risos, festa. Deveria ter música o tempo todo. A gente deveria conhecer alguém e se apaixonar o tempo todo.

Deveria...

Mas... mas mas mas.

Mas o Mal prevalece. Ter tudo aquilo que você sonhou pra sua vidinha, todo o conforto, estabilidade e todo o colinho do mundo não vão te salvar de eventuais dias de chuva na alma. Ou tormentas. E os eventuais dias podem se estender para meses.

Alma.

Lama.

Lama alma alma lama.

É uma longa, longa jornada e até aqui eu poderia arriscar uns palpites para evitar ou atravessar os dias de lama:
  • Não se culpar tanto
  • Não pedir tantas desculpas
  • Não achar que as coisas são tão importantes assim
  • Não achar que as pessoas são tão importantes assim
  • Não achar que as coisas ou as pessoas são para sempre, porque elas realmente não são.
A vida deveria ser uma comemoração constante, mas tem gente que realmente não sabe brincar.

Às vezes, a gente mesmo não sabe.

Cheers.



5 comentários:

m.i.s.b. disse...

Feliz aniversário atrasado :)
Se você ainda não teve tudo o que merece, é porque o tempo é realmente idiota...

Gostou do Iron Man 2?

liber disse...

Oi, Sil!

Obrigado!

Olha só, não é uma questão de ter o que se merece ou não. É mais uma questão de depressão pré-aniversário. Mas a chuva vem e a chuva vai, e lá em cima o sol sempre está brilhando. Piegas e clichê, mas verdadeiro ;-)

E IronMan2... é ducaralho! Amei! Dane-se se é descerebrado, é muito divertido. Tony Stark rules e eles conseguiram transformar um bucha que nem o Chicote Negro num vilão de primeira! Vale a pipoca grande!

Valeu, Sil
Bjs

José Aguiar disse...

Aniversário concretista, hein? Parabéns atrasado!

m.i.s.b. disse...

Depressão pré-aniversário.
haha, taí uma coisa que nunca tive.
Uma coisa que penso é que todo dia é o fim e o começo de um ano, de um ciclo. Nunca consegui ver o aniversário como um dia especial (a não ser pelos super bolos que meu pai costumava fazer - mais pra ele mesmo do que pra mim ou pro meu irmão).
Mas creio que você se refira mais à diversão que um aniversário nos proporciona... uma vez disseram-me que é só no dia do nosso aniversário que o mundo é todo nosso, ao menos por um dia... (achei isso super 'alimente-seu-sonho-de-dominação-mundial'. Adorei. Até que chegou o tal dia do meu aniversário aquele ano e tava chovendo, um ônibus passou e me molhou da cabeça aos pés, cheguei no portão da minha casa resfriada e descobri que tinha esquecido as chaves - logicamente, não tinha ninguém mais em casa, situação a qual levou uns bons 40 minutos pra mudar... iiiirrááá. Fiquei feliz por não ter q cuidar do mundo todos os dias... ick...)

Ah, as coisas são clichês por alguma razão. ahah

Tem aquela pira de todas as coisas tenderem a um equilíbrio... outro clichê: as coisas más vem para valorizar as boas. Rir de mais dói o rosto, chorar de mais dá dor de cabeça...

Escolhas são sempre tão simples de serem tomadas... realmente, é mania nossa complicar, pq daí é mais fácil achar desculpas, razões, mimimices e encheção de saco, só pra nos estagnarmos e reclamarmos que as coisas são injustas.

Ok, agora vou ali voltar a dormir pq eu não deveria escrever comentários enquanto durmo.
Principalmente com algumas semanas de atraso... :D

----

depois que saí do cinema soh tinha uma coisa em mente: desenhar o IronMan.
awuewaeuh
To começando.

bjo!

liber disse...

Oi!

Valeu, Zé!
E, puxa Sil, tu escreveu praticamente um post aqui! rsrs

Obrigado, gente!
grande abraço!