sábado, junho 19, 2010

Sábado

Hoje eu desenhei.

Geralmente eu escrevo, mas ando tão negligente com o desenho... daí resolvi desenhar.

Um desenho cheio de problemas. Por exemplo, o contorno não tem muita definição, é instável, inseguro. Tem que melhorar muito esse acabamento com nanquim.

Eu trabalho o desenho à mão e depois ponho no computador pra colorir.

A cor me parece boa, mas só vou saber quando ver em um monitor decente. A tela do notebook é uma droga.

Alguns pequenos detalhes não foram tratados com o devido cuidado. Culpa da preguiça. A mesma preguiça que tive pra colorizar e finalizar os contornos.

A preguiça.

Sabe, existem dois problemas pra quem desenha. Um é a preguiça. De desenhar, de pensar, de fazer escolhas, pesquisar e tomar uma atitude.

O outro é o medo. Medo de que o trabalho fique uma droga, falta de fé em si mesmo, insegurança. Expectativa que mata o trabalho antes mesmo dele tomar forma.

Ah, claro. Preguiça e medo são problemas de desenhistas de fim de semana. Os profissionais tem outros tipos de problema. Como prazos e clientes. (Mas eles não usam isso pra se desculpar).

Voltando pro desenho, há pontos positivos. Pra começar, é um trabalho finalizado. Isso já é motivo pra comemorar. Hurray! A mão esquerda até que ficou bacaninha, mas acho que a melhor parte é a história.

Geralmente eu escrevo, mas hoje desenhei. Bem ou mal, aí está minha histórinha.



Ah, não se preocupe, senhor Bourdenoski. Estou trabalhando na sua encomenda. Esse foi o esquenta.

;-)

10 comentários:

Ivan disse...

Gostei bastante!

As cores ficaram ótimas, não se preocupe com a técnica. Cada um resolve do jeito que achar necessário. eu cahei que ficou muito bom, dá opra imaginar a história por trás da imagem

A preguiça e a inseguranaça de fato são inimigas dos desenhistas. A gente que trabalha com isso direto tem medo da crítica de clientes e afins, mas acho que temos mais medo de nós mesmos. Ainda mais quando desenhamos algo que nós gostamos sem comprometimento de prazos, clientes e etc. Somos os nossos maiores críticos, e ficamos muito inseguros na hora de "fazer acontecer".

Eu enfrento esse medo na hora de fazer realmente o que quero e gosto, quadrinhos.

Preguiça e insegurança... acho que a minha vida tava melhor sem elas, rsrsrsrs.

Anônimo disse...

Oi Liber!

Ficou muito legal o desenho. Parabéns!

Abraços!
Rodrigo Stulzer
transpirando.com

liber disse...

Oi, Rodrigo!

Muito obrigado. Quero ver se retomo a produção de novo.

Sempre bom te ver por aqui.

Abraços!

liber disse...

Grande Ivan

Obrigado pela visita e comentário! Esse lance da preguiça e insegurança é um saco. Quando dou aula de ilustração, esse é o maior problema pros alunos superarem. Mas às vezes pega a gente também, né? Auto-exigência exagerada, ansiedade e preguiça. Mas dá pra vencer, né?

Como eles dizem por aí: "Se você construir, eles virão". (Lembra dessa?)

Vamos fazer um clube de desenhadores só pra trocar impressões sobre os trabalhos pessoais? Que tal?

Vamos nos falando!

Abração!

marília disse...

A preguiça e o medo não são são os dois grandes problemas de tudo?

Eu realmente gostei da historinha.

Prof. Renato Cachorrão disse...

Porr... guri.
Duas coisas:
Primeiro: vc tem mais que competência quando o assunto é desenhar, portanto, acredito mais na preguiça do que no medo de não fazer um bom trabalho.
Segundo: se eu não confiasse em seu talento, não teria feito a encomenda a vc.

E antes que eu esqueça (como, me parece, vc esqueceu...), é Bordenousky, certo?

Muito bom o seu trabalho.
Valeu garoto.

Prof. Cachorrão

van rodrigues disse...

a insegurança paralisa. e não é só um problema de desenhistas...

mas ficou ótimo!!!

"construa, que eles aparecerão".

liber disse...

Cachorrão, Van e Marilia, muito obrigado pela visita e comentários.

Repensando o assunto, acho que o negócio é deixar o mimimi de insegurança e preguiça pra lá e cair matando em cima do trabalho.

Então, vamos lá!

Abraços!

Leleca disse...

Nunca me ligaria que o Bourdenoski (Bordenousky!) é o Cachorrão, hahahaha!

Eu sempre escrevo, mas de vez em quando eu desenho. Só que eu desenho mal pacas. :D

Já diria o meu querido Rubens: tire o saco de supermercado da cabeça e mostre a que veio!

liber disse...

Sabe, Leleca, o seu querido Rubens tem razão.

Obrigado pela visita e comentários!
bjs!