segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Super-heroi clássico

O primeiro super-heroi foi o Super-Homem. Ou Superman, se você preferir. Ele foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster e apareceu em um gibi pela primeira vez em 1938. Nos EUA.

Naquela época tornou-se muito popular e suas histórias tiveram versões para programas de rádio e seriados de cinema. O Super-Homem foi o modelo que praticamente todo mundo seguiu pra inventar seus super-herois: com super-poderes, senso de justiça inabalável, benevolência. Mesmo os personagens que não seguem esse modelo baseiam-se nele de certa forma. O anti-heroi existe porque antes dele existe o heroi.

Enfim...

O desenhista Robb Pratt fez uma curta animação homenageando a versão clássica do Super-Homem. Os anos 40, as invasões alienígenas, os homens de terno e chapéu, moças em perigo e cientistas loucos. O bacana do vídeo é que no final o Pratt explica como produziu a animação, que é feita na unha, desenho por desenho. Do jeito clássico.



A gente pode falar muito sobre o mito do super-heroi. Ele pode ser uma inspiração para o que há de melhor em nós e para os nossos sonhos. Pode ser uma recordação muito feliz da infância ou um modelo romântico de caráter e altruísmo.

Ou pode ser um mito cultural que esconde o desejo de ser melhor do que os outros e decidir sobre o que é certo ou errado.

Eu gosto do Super-Homem.

Acho ele mais assustador que o Batman.

2 comentários:

Gel disse...

Eu adoro o Batman!
E eu amo vc, meu querido Lord!
Sucesso!

Brunohs disse...

Ah o Superman é o chefe! Os outros vem abaixo dele, como vc citou no post, todos de alguma maneira se inspiraram nele...
enfim, meu favorito é o Clark tbm haha
Abraços