terça-feira, janeiro 31, 2012

Silêncio

Meus vizinhos foram embora.

Engraçado isso.

Como nos acostumamos com gente que nem percebemos direito.

Breves encontros e sorrisos no elevador, sons abafados de violão, um jeito engraçado de bater à porta, vozes na varanda ao lado, risos de crianças no corredor.

Engraçado como eu não sabia nem seus nomes e agora sinto sua falta.

Uma saudade estranha.

Feita de silêncio.

Um comentário:

José Aguiar disse...

Ah, esses adoráveis coadjuvantes para quem somos coadjuvantes também...