sexta-feira, fevereiro 17, 2012

Jack

Sou o palhaço que tira o próprio rosto
sumo de repente, não deixo nenhum rastro


Sou o fantasma que balança seu cabelo
ninguém acredita mas todos tem medo


Sou a sombra que vive na lua
preciso de uma alma
que tal me dar a sua?

Do filme O Estranho Mundo de Jack (Nightmare Before Christmas) de Tim Burton

Nenhum comentário: