sábado, abril 07, 2012

Emoção (sem mostrar um rosto)

O tema de hoje do 30 Day Drawing Challenge foi "an emotion - no face allowed".


Desenhar personagens que expressem emoções com eles mostrando o rosto já é uma coisa que eu considero difícil. Agora sem mostrar o rosto... bom, daí a linguagem corporal e o mise-en-scéne tem que dar conta do recado.

No fim das contas, expressar emoções através de imagem é algo bem complexo. Uma palavra pode exprimir com precisão "alegria", "tristeza" ou "desespero", agora imagens permitem uma série de interpretações, às vezes muito mais do que o autor pretendia.

Um rosto pode estar triste, pensativo, introspectivo, entediado, sonolento, entre outras possibilidades. Pode ser só uma opção ou todas elas ao mesmo tempo. A interpretação pode variar muito de quem está olhando e até do próprio estado de espírito do observador.

A palavra define, a imagem sugere.


Não sei se consegui, mas está aqui:


Grafite azul pra fazer a estrutura e caneta nanquim 0.8 pra rabiscar em cima.

Eu concebi primeiro a ideia e depois procurei no Santo Google as referências que eu precisava:








Uma coisa que acho importante de comentar é que a ideia vem antes das referências. Eu esboço a cena como eu quero, que no caso foi exatamente a composição final, e daí procuro fotos pra me ajudar com questões como proporção, escorços, roupas, caimento de tecido e etc. A ideia é usar a foto como um auxílio e não como base pra um decalque.

Dei sorte ao achar a fotografia da estátua ajoelhada, que se encaixou bem dentro da posição que eu imaginava pro desenho.

E é isso.

Bora pra próxima.

Nenhum comentário: