segunda-feira, janeiro 26, 2015

Apostas

O Érico Assis divulgou hoje, no site A Pilha, mais uma leva de quadrinistas e seus planos pra 2015.

Entre eles, estou eu.

Mandei uma arte com os dois protagonistas da nova história, Christian e Sabine.

O texto que enviei pro Érico:
Estou produzindo um álbum que deve estar pronto em setembro. Em conjunto com a publicação, pretendo lançar a mesma história em capítulos como um webcomic. Minha intenção é experimentar esse formato e tentar alcançar um número maior de leitores. Vamos ver se funciona. Essa nova história segue o estilo do meu primeiro álbum, As coisas que Cecília fez, mas não será uma continuação nem terá os mesmos personagens. Será um álbum com mais páginas e a trama se passará especificamente no inesquecível ano de 2014. Ainda não tenho um título para o trabalho, o roteiro não está completamente fechado, mas a história já está sendo desenhada. Na imagem, os dois protagonistas: Christian e Sabine.
É tudo muito simples.

É só escrever e desenhar tudo e mandar imprimir e por no site. Simples. É só fazer.

Vambora.

(Na verdade, é bem mais fácil do que parece. É trabalhoso, muito trabalhoso, mas é mais fácil do que parece. Então, por que tenho essa sensação de que estou topando um desafio assustador? Por que tenho esse medo, esse receio, como se estivesse me comprometendo a construir sozinho uma muralha de pedras em torno da cidade? Medo, preguiça, noção do tipo de comprometimento que um projeto desses requer? Meses desenhando, pesquisando, esboçando, pintando. Um prazo estabelecido e ainda nem tenho certeza de quantas páginas o projeto realmente vai ter. Algo entre 80 e 120, imagino. O que aprendi sobre lidar com ansiedade e insegurança é basicamente não pensar muito. Fazer, fazer, trabalhar feito um louco, encher a cabeça de podcasts e música e tentar conciliar isso com o projeto do doutorado. Tudo é mais simples do que parece, a gente só precisa seguir em frente, manter um ritmo, saber parar pra descansar. Não é tão difícil. Dá pra conseguir. Pode ser feito. Eu já fiz uma vez. Vamos lá. Vamos lá. Eu consigo.)

Nenhum comentário: